skip to Main Content
1-800-987-654 admin@totalwptheme.com

Raio X – Bob Burnquist

Pai americano, mãe brasileira e irmão de Milena e Rebecca. Nasceu no Rio de Janeiro, mas passou parte da infância em São Paulo. Essa mistura toda forjou um ícone do esporte brasileiro, principalmente do skate: Robert Dean Silva Burnquist, mais conhecido por Bob Burnquist.

A paixão de Bob pelo skate surgiu meio que por ironia do destino. Um amigo de infância perdeu a bola de futebol de salão de Bob e, em troca, deu um skate antigo de fibra de vidro. Provavelmente este amigo não sabia que estaria apresentando um parceiro inseparável na vida do atleta. Ainda que Bob tivesse outros interesses como o baseball e futebol, o skate prevaleceu e Burnquist começou a levar a sério a atividade.

Em 1990, Bob ganhou seu primeiro campeonato como amador. Foi um ano de altos e baixos: sua asma o prejudicou em outro campeonato, onde ficou em penúltimo. Mas Bob ficou com a sensação de que o caminho que traçava alcançava o equilíbrio.

Em sua primeira viagem à Europa, em 93, Bob quebrou o pé na primeira manobra que tentou, mas a vontade de vencer o fez tirar o gesso em apenas quatro dias. Apesar da dor intensa, participou de um campeonato na Bélgica e entrou na sessão após Tony Hawk, ícone americano no esporte. Bob tinha como meta dar um Backside Noseblunt Reverse e conseguiu, fazendo valer todo o sacrifício.

Em Maio de 1995, com apenas 18 anos de idade, Bob é o campeão do vertical no Slam City Jam, evento anual dos mais importantes no skate internacional em Vancouver, Canadá. 2 anos depois, seria eleito pela revista Thrasher o skatista do ano.

Em 2000, nasce Lotus, sua primeira filha (Jasmyn é a sua segunda filha), fruto do relacionamento com sua esposa, Veronica Nachard Burnquist. Estrear a paternidade se transformou em um divisor de águas para o atleta. Dar o máximo de si dentro das pistas para poder cuidar da melhor forma das filhas virou seu principal objetivo. Mas com uma diferença: para Bob, ser skatista profissional é o melhor emprego do mundo!

Em 2004, nas Olimpíadas de Atenas, Bob participou do primeiro revezamento da tocha olímpica pelo mundo, onde teve direito até a fazer manobras. Seus principais títulos no esporte são: X-Games – 2001 (se tornando o primeiro brasileiro a levantar um caneco mundial no esporte), 2003, 2005, 2006, 2007 e 2008.

E, para finalizar o vitorioso perfil pessoal e profissional deste grande ídolo do esporte nacional, uma frase do próprio Bob pode responder a qualquer questão sobre o seu futuro no skate: “Vou continuar andando de skate e procurando novos projetos. Eu não consigo ficar parado. Estarei sempre ocupado construindo e criando com certeza.”

This Post Has 2 Comments

Deixe uma resposta

Back To Top