skip to Main Content
1-800-987-654 admin@totalwptheme.com

Quem é Daniel Baccaro?

Fala galera beleza? E o final de semana, já está tudo certo?

Bom, hoje o post do nosso blog vai ser um salve para o diretor Daniel Baccaro. Entre outros trabalhos, Baccaro realizou “Na Trilha das Ondas” na Indonésia (2001) e no Panamá (2003) e “Jail for Life – Vídeo Retrospective” (2003).

Formado em Desenho Industrial pela Universidade São Judas Tadeu, o diretor tem vasta experiência na área de artes visuais. A partir de 2004 produziu alguns curtas-metragens de ficção, como “20 a 20”, “Homogêneo” e “O Outro Jorge”. O documentário “Vida Sobre Rodas” é seu primeiro longa-metragem.

Como tudo começou a primeira idéia?

Em 2004, lembrei das filmagens que Nelson Mateus e Jorge Ueda faziam da galera do skate e imaginei que aquele material poderia se transformar em um documentário. Decidi ligar para Cristiano Mateus e comentar sobre essa idéia. Ele curtiu, e logo no dia seguinte apareceu com cerca de 40 horas de material e prometeu mais fitas VHS. Na semana seguinte encontrei com Ueda que, prontamente, disponibilizou seu acervo também. O mesmo veio acontecer com o Sandro e em seguida com o Bob. Nesse momento somavam-se 250 horas de imagens de arquivo e com possibilidades promissoras de realizar um longa-metragem.

Qual a sua relação com o skate?

Comecei a andar de skate aos nove anos de idade no bairro da Mooca, na rua em frente de casa. Alguns anos depois conheci a temida pista de São Bernardo do Campo. Era a primeira vez que eu andava em uma pista de skate, e nesse momento tive uma sensação tão envolvente que passei a freqüentar quase que diariamente a pista.

Qual o depoimento mais divertido?

Em todos os depoimentos tentamos extrair o lado descontraído de cada entrevistado e fiquei surpreso com o resultado que conseguimos. Dos gringos, Hosoi foi sem dúvida o mais divertido, e além de ter uma relação fortíssima com os brasileiros, mostrou-se desinibido diante das câmeras, trazendo naturalidade em seu depoimento. Dos brasileiros, destaco os depoimentos do Thronn e Glauco. Ambos foram realizados em espaços pequenos que mal cabiam o equipamento e a equipe.

Como foi trabalhar com a equipe e o elenco do “Vida Sobre Rodas”?

Tive a oportunidade de trabalhar com um elenco incrível e uma equipe apaixonada. Queria agradecer ao Bob, Cristiano, Lincoln e Sandro por se unirem para realizar o “Vida Sobre Rodas”. Esse filme não seria possível sem a contribuição deles e a dedicação de Jean Paulo Lasmar, que além de um produtor excepcional tem me acompanhado em todos os meus projetos. E finalmente a todos os colaboradores visíveis e invisíveis que gentilmente cederam seus acervos e participaram desse longo projeto.

Deixe uma resposta

Back To Top