skip to Main Content
1-800-987-654 admin@totalwptheme.com

#Histórico – Anos 80

Anos 80. O skate estava se aproximando do seu ápice. No Brasil, o mercado se tornou independente com o nascimento de marcas nacionais, o que não impediu o desenvolvimento do mercado internacional, onde marcas americanas como Sims, Tracker e Vision continuavam muito fortes aqui dentro.

Foi na década de 80 que o surgimento de verdadeiras lendas do esporte aconteceu: nomes como Steve Caballero, Tony Alva, Tom Sims, entre outros, contribuíram e muito para o progresso do skate. E dentre esses “monstros” das pistas surgiu um atleta que, com apenas 12 anos, mandava flips inacreditáveis na rampa, contrastando com sua fisionomia magra, mas esbanjando estilo e muita técnica. Apesar da pouca idade, este atleta deixou muita gente “das antigas” para trás e consolidou seu nome na história do skate: Tony Hawk.

O lado negativo dos anos 80 do skate aconteceu em 1988, em São Paulo, quando o então prefeito da cidade, Jânio Quadros, proibiu a prática do esporte no Parque do Ibirapuera (recinto tradicional dos skatistas da cidade). O decreto durou alguns meses, mas acabou sendo revogado.

Altos e baixos, proibições e permissões, derrotas e, principalmente, VITÓRIAS! Esse é o espírito do skate que, desde sempre, mostrou que mais do que um esporte, é um estilo de vida. Assista “Vida Sobre Rodas” nos cinemas no dia 26 de novembro e faça parte dessa imensa família.

Deixe uma resposta

Back To Top