skip to Main Content
1-800-987-654 admin@totalwptheme.com

#1 – Entrevista: BOB BURNQUIST

E aí pessoal? Beleza? Essa semana o blog vai ser dedicado às entrevistas que os nossos heróis BOB BURNQUIST, LINCOLN UEDA, CRISTIANO MATHEUS e SANDRO DIAS fizeram durante as gravações do VIDA SOBRE RODAS.

Bob Burnquist foi o primeiro skatista brasileiro a vencer uma competição internacional, o Slam City Jam 1995, no Canadá. A partir daí se tornou um dos skatistas mais conhecidos do mundo (hoje Tony Hawk é seu fã), conquistou dezenas de campeonatos e foi o brasileiro pioneiro na Mega Rampa.

Como foi o início da sua carreira? Quais as dificuldades enfrentadas no Brasil?

No Brasil, as maiores dificuldades eram o material e as pistas. Mas independente disso, eu me lembro de ter andado muito de skate, e me divertido bastante com meus amigos. Sempre sonhei em andar de skate pelo resto da vida.

O que você achou da idéia de fazer um documentário sobre skate que tem como cenário o Brasil?

ÓTIMA! Quanto mais cavamos e nos aprofundamos na história do skate brasileiro, melhor. Isso tudo é motivo pra muito orgulho. No meu caso, lembranças muito especiais porque em paralelo é a historia de parte da minha vida, minha infância, minha juventude.

Como está a sua carreira atualmente?

Estou me sentindo mais forte do que nunca, aprendendo manobras novas e correndo atrás de criações e possibilidades diferentes. Tenho uma quebra de recorde planejada pra esse ano e espero que até o lançamento do filme já esteja concretizada.

Como foi ganhar o seu primeiro título mundial?

Titulo mundial mesmo foi em 2000 e foi muito gratificante. Para isso, tive que vencer o Ranking, que é muito mais difícil do que um campeonato individual. É preciso constância.  Naquela época, todo mundo corria e não foi fácil. Fiquei feliz e orgulhoso porque era um feito inédito para o Brasil.

E os planos para o futuro?

Vou continuar competindo e evoluindo meu skate sempre. Só preciso de um descanso aqui e ali. De preferência em algum lugar especial com minha esposa Verônica Burnquist e nossas filhas. Pra recarregar as energias e continuar fazendo o que eu sei fazer.

Fiquem ligados que a próxima entrevista vai ser com o Lincoln Ueda.

Valeu!



This Post Has One Comment

Deixe uma resposta

Back To Top